Município de Amarante adere ao programa “Saúde Oral Para Todos”


O Presidente da Câmara Municipal de Amarante, José Luís Gaspar, formalizou a adesão do Município ao protocolo “Saúde Oral Para Todos”. A cerimónia decorreu a 17 de dezembro, na sede da ARS-Norte (Administração Regional de Saúde do Norte). 

“Saúde Oral Para Todos” é o nome do programa do SNS (Serviço Nacional de Saúde) que visa promover e facilitar o acesso da população a cuidados de saúde dentários. No âmbito deste protocolo o Município de Amarante assume todos os encargos financeiros com os equipamentos necessários para a criação de um consultório dentário no Centro de Saúde de Amarante, um investimento aproximadamente de 50 mil euros.

Por sua vez, o Governo compromete-se a realizar as obras necessárias no espaço dedicado às consultas de medicina dentária, assim como assegurar os recursos humanos necessários, os consumíveis e as condições de funcionamento do espaço, entre outros. 

Para o Presidente da autarquia, “este é um serviço que permite disponibilizar à população, nomeadamente aos mais carenciados, o acesso aos cuidados de saúde oral, sendo que, como todos sabemos, esta é uma área à qual o Serviço Nacional de Saúde nunca deu resposta eficaz.” 

A assinatura do protocolo contou com a presença do presidente do Conselho de Diretivo da ARS-Norte, Pimenta Marinho, do bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas, Orlando Monteiro da Silva, e dos autarcas de Armamar, Baião, Fafe, Guimarães, Maia, Mesão Frio, Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Vizela, municípios que também aderiram nesta fase.  

Carlos Moura

Next Post

PS/Amarante critica acréscimo dos contratos de avença na câmara PSD/CDS

Qui Jan 17 , 2019
Share on Facebook Tweet it Pin […]
Instagram did not return a 200.

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.