Despiste de ambulância mata bombeiro e doente na A4 em Candemil Amarante

Uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de Bragança caiu esta segunda-feira de um viaduto da A4 em Amarante provocando a morte aos dois ocupantes, o condutor da viatura António Neto Leal de 60 anos, bombeiro voluntário na corporação de Bragança, e a uma doente, Aurora Sobreda 68 anos.

A ambulância circulava no sentido Vila-Real-Amarante quando se deu o despiste seguido de queda do viaduto cerca de 70 metros no troço de Candemil.

O alerta foi dado pelas 11h55. Para chegar ao local, os bombeiros de Amarante tiveram de descer uma ravina e encontraram o condutor fora da viatura e a doente ainda dentro do veículo.

José Moreno, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros de Bragança, revela que se vive um clima de “consternação” na corporação. “O chefe Neto era um exemplo, era um dos bombeiros mais experientes. É uma grande perda”, disse em declarações ao Tâmega.tv.

Rui Ribeiro, comandante dos bombeiros de Amarante disse que as autoridades estão a investigar as circunstâncias do despiste da viatura dos bombeiros de Bragança, assinalou que quando os meios de socorro chegaram já “não havia nada a fazer” e os óbitos acabaram por ser confirmados pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER).

O comandante recusou-se a comentar, sobre a alegada perigosidade daquele ponto da autoestrada, mas referiu não haver registos de acidentes na zona de Candemil.

O veículo caiu numa zona com declive acentuado e muita vegetação, o que dificultou as operações de socorro, como foi realçado pelas autoridades no local.

As vítimas foram transportadas para o Instituto de Medicina Legal.

[envira-gallery id=”2071″]

 

 

 

 

 

 

 

 

Carlos Moura

Next Post

Manuel Pizarro retoma campanha para a Distrital com debate em Matosinhos

Seg Jun 22 , 2020
Share on Facebook Tweet it Pin […]
Instagram did not return a 200.

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.