Campanha “Marcoense Como Nós” apela ao consumo de produtos e serviços locais

A Câmara Municipal e a Associação Empresarial do Marco de Canaveses lançaram uma campanha de sensibilização para o consumo de produtos e serviços produzidos no concelho, que passa por um conjunto de iniciativas.

A campanha “Marcoense Como Nós”, lançada aquando da reabertura após confinamento dos pequenos espaços comerciais, visa contribuir para a retoma económica, privilegiando a compra em circuitos de proximidade, de forma a potenciar o desenvolvimento económico do concelho.

Através de embaixadores naturais ou com ligações ao concelho, a campanha pretende passar uma mensagem de união e esperança numa retoma rápida perante os desafios que a pandemia colocou aos pequenos comerciantes. Por agora, dão a cara pela campanha nomes como o árbitro de futebol Artur Soares Dias, a banda Toka & Dança e o escritor Raul Minh’alma.

[su_youtube url=”https://youtu.be/tr9abP3WlyA”]

Uma das ações da campanha é a distribuição pelos espaços comerciais que se encontrem a efetuar atendimento presencial de máscaras de uso social, como forma de sensibilizar para os cuidados que devem ser tidos em conta. Logo que foi possível garantir a produção por uma empresa do Marco de Canaveses de máscaras com o certificado CITEVE, a distribuição iniciou e estes acessórios de proteção já chegaram a quase duas centenas de lojistas.

Todos os comerciantes que cumpram os critérios da oferta e pretendam receber as respetivas máscaras devem solicitar ou levantar as mesmas junto da Associação Empresarial do Marco.

António Orlando

Next Post

Bombeiros de Amarante prestam homenagem a bombeiro morto em incêndio

Qua Jul 15 , 2020
Share on Facebook Tweet it Pin […]
Instagram did not return a 200.

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.