Celorico constrói Centro de Recolha Oficial de Animais de Companhia

[smartslider3 slider=5]

O Centro de Recolha Oficial (CRO) de Animais de Celorico de Basto, em fase de construção, deve estar concluído no final do ano. A unidade tem um custo de 101 mil euros.

O CRO contará com um bloco cirúrgico para esterilização de cães e gatos, sala de enfermagem independente para tratamento e acompanhamento clínico dos animais alojados, zonas de exercício e sociabilização e área de tosquia e higienização são valências contempladas.

Com esta obra, a câmara celoricense pretende dotar o concelho de um centro de recolha moderno, com todas as condições para o acolhimento e bem-estar dos animais de companhia, fomentando o bem-estar animal, promovendo a defesa da saúde animal e da saúde pública.

“Garantir uma maior segurança e tranquilidade das populações e o mesmo tempo, contribuir para a sensibilização e consciencialização dos cidadãos para os direitos dos animais”, refere Joaquim Mota e Silva, presidente da Câmara de Celorico de Basto.

O autarca refere ainda que as obras estão a decorrer a bom ritmo prevendo-se a sua conclusão antes do final deste ano.

A empreitada adjudicada por 101 161,10€, conta com um apoio de 43 782,24€, financiada por Orçamento de Estado, através de um contrato-programa assinado em agosto de 2019 entre o Município de Celorico de Basto, a Direção-Geral das Autarquias Locais e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte.

A obra que tem parecer favorável da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) “terá condições para acolher, sempre que necessário, outras espécies animais”.

António Orlando

Next Post

Começou a agredir a mulher logo após o casamento

Qua Ago 5 , 2020
Share on Facebook Tweet it Pin […]
Instagram did not return a 200.

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.