Eduardo Batarda recebe sábado Grande Prémio Amadeo de Souza Cardoso

[smartslider3 slider=56]

A câmara de Amarante entrega neste sábado, dia 12 de setembro, o Grande Prémio Amadeo de Souza Cardoso no valor de 25 mil euros a Eduardo Batarda, o pintor “irónico” cuja obra desde 2000 remete para a banda desenhada. A obra premiada “[A Terrifying Line of Thought] é um dos exemplos.

Na sessão que vai decorrer a partir das 16 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, serão ainda entregues o Prémio Amadeo de Souza-Cardoso, no valor de 12.500 euros, a Isabel Carvalho pela obra “Histoire de la Caricature” que entra, desta forma, para o espólio do Museu Amadeo de Souza-Cardoso. O mesmo acontece com a obra “Uma Porta no Caminho” de Isaque Pinheiro, distinguida com o Prémio de Aquisição do Grupo dos Amigos da Biblioteca-Museu, no valor de 7.500 euros.

OBRA COM TEXTO ÁCIDO

O prémio fará com que a obra “[A Terrifying Line of Thought]”, de Eduardo Batarda integre a coleção permanente do Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso.

Segundo o júri, presidido por Raquel Henriques da Silva, esta obra congrega, de forma particularmente conseguida, um conjunto de características que têm vindo a pautar o trabalho do artista nos últimos anos: “a inscrição de um texto ácido, erudito, referencial (por vezes, autorreferencial), rematado por uma expressão acintosa que não se sabe exatamente se é dirigida ao pintor, ao autor do texto (serão os mesmos?) ou ao leitor; o colorido dissonante, cuja base é um verde-camuflado recorrente em todo este período; a presença de antropomorfias em cor salmão canceladas por uma mancha lilás dura e angulosa; a presença inusitada de três “bad boys” discretamente colocados na zona inferior da tela, mas que anunciam uma figuração que talvez venha a ganhar espaço na produção futura.”

PINTOR AGRADECE

Eduardo Batarda que se vai fazer representar na cerimónia já deu conta da gratidão do prémio que Amarante lhe dá: “Ao receber formalmente o prémio Amadeo de Souza-Cardoso penso, com admiração, na iniciativa que honra a autarquia que a leva a cabo e no nome do artista que o prémio celebra. Como não podia deixar de ser, recordo os nomes de todos os artistas que receberam o prémio antes de mim. É com respeito e amizade que lembro a memória de tantos deles que já desapareceram. E é com grande carinho que penso naqueles de quem fui amigo e admirador. Com todos aprendi”, refere Eduardo Batarda.

Após a entrega dos prémios serão inauguradas as exposições do Grande Prémio Amadeo de Souza-Cardoso no Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso, que estará patente até 27 de dezembro. Nomeadamente: uma mostra com obras de Eduardo Batarda; outra com obras dos finalistas do Prémio Amadeo de Souza-Cardoso, Carla Filipe, Isabel Carvalho, Mattia Denisse e Renato Ferrão; e ainda 34 obras de 26 artistas eleitos entre os 226 que participaram no concurso.

 

 

António Orlando

Next Post

MANUEL JOAQUIM DA FONSECA PINTO DE VASCONCELOS (1955/2020)

Sex Set 11 , 2020
Share on Facebook Tweet it Pin […]
Instagram did not return a 200.

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.