Cemitérios de Amarante e Marco abertos no dia de Todos os Santos, mas sem celebração comunitária

Os cemitérios municipais de Amarante e Marco de Canaveses vão manter-se abertos no dia 1 de novembro, Dia de Todos os Santos.

Em Amarante, seguindo as recomendações da Conferência Episcopal, o Cemitério Municipal [União de Freguesias de Amarante (S. Gonçalo), Madalena, Cepelos e Gatão] vai estar aberto dias 1 e 2 de novembro, dia de Todos os Santos e dia dos Fiéis Defuntos, respetivamente.

No entanto, não haverá lugar a celebrações comunitárias, procissão ou bênção coletiva.

“Pede-se aos Amarantinos que cumpram as recomendações: devem evitar-se ajuntamentos; o tempo de permanência é limitado a 30 minutos; é obrigatório o uso de máscara; apela-se a que se mantenha o distanciamento físico, no circuito e nos espaços comuns; e que se respeitem as regras de acesso, seguindo as áreas distintas de entrada e saída devidamente identificadas”.

Horário de funcionamento do cemitério municipal das 8h às 18.30 horas

No Marco de Canaveses, a autarquia faz saber que o  acesso está condicionado de regras de segurança, em vigor também no dia 31 de outubro: uso obrigatório de máscara; higienização obrigatória das mãos à entrada do cemitério; uso de material próprio, especialmente vassouras e baldes, não sendo permitida a sua partilha; capacidade limitada ao máximo de cinquenta pessoas, em simultâneo, no interior do cemitério; cumprimento das regras de distanciamento social (2 metros) no interior e exterior do cemitério; alerta-se para o facto de estas medidas  estão sujeitas a alterações mediante a evolução da situação pandémica.

A autarquia marcuense aconselha a que estas medidas sirvam de orientação para os restantes cemitérios (unidades paroquiais) do concelho.

António Orlando

Next Post

Detetado surto no Hospital de Penafiel

Qua Out 21 , 2020
Share on Facebook Tweet it Pin […]
Instagram did not return a 200.

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.