Vacina contra a Gripe no estacionamento do Centro de Saúde de Baião

Os munícipes baionenses com idade igual ou superior a 65 anos e alguns doentes crónicos já começaram a ser vacinados, gratuitamente, contra a gripe.

Na USF de Baião a vacinação está a decorrer no parque de estacionamento coberto situado por baixo do Centro de forma a proteger cidadãos e profissionais e a não criar aglomerados.

É expectável que a operação dure até novembro e, por forma a ser feita rapidamente e em segurança, o Centro de Saúde de Baião e todas as suas Unidades Funcionais estão a convocar os utentes em dias programados. Os cidadãos devem aguardar tranquilamente a convocatória. Não é necessário que, sem terem sido convocados, se desloquem aos locais de vacinação até porque, como explica Cristiana Ribeiro, coordenadora da Unidade de Saúde Familiar de Baião (USF Baião), “quem chegar sem marcação não poderá ser vacinado, até porque a disponibilização da vacina é feita em tranches, de forma gradual e não de forma abruta”, ressalva. “Não se pretende vacinar toda a gente ao mesmo tempo”, acrescenta apelando à “serenidade e tranquilidade” da população.

O Plano de Vacinação preparado pela USF de Baião, e aprovado pelo ACES do Baixo Tâmega deixa de fora a parceria com a Associação Nacional de Farmácias. “Foi entendido em várias reuniões entre as duas entidades de que não era vantajoso a adesão ao protocolo com a Associação Nacional de Farmácias, uma vez que os técnicos de saúde de Baião vão deslocar-se a vários pontos do concelho para ministrar a vacinação a todos os convocados, como são os casos de Baião, Eiriz, Santa Marinha do Zêzere, Gestaçô e Teixeira. Há, ainda, um profissional de saúde que se desloca ao domicílio ao encontro de todos os dependentes”, justifica fonte ligada ao processo.

António Orlando

Next Post

Piscina Municipal de Amarante reabre segunda-feira

Sex Out 23 , 2020
Share on Facebook Tweet it Pin […]
Instagram did not return a 200.

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.