c/video. Britânico Steve Holcombe vence Mundial de Enduro na última especial do GP/Marco de Canaveses

125419292_4228483427178666_1062742338975553970_n
125419292_4228483427178666_1062742338975553970_n
Joana Gonçalves
Joana Gonçalves
gonçalo reis
gonçalo reis
Freeman
Freeman
previous arrow
next arrow

Steve Holcombe reconquistou no GP de Portugal, que decorreu nos dois ultimos fins de semana no Marco de Canaveses, o título na categoria EnduroGP que já tinha sido seu em 2017 e 2018

Brad Freeman liderou toda a prova de domingo na frente de Josep Garcia e Steve Holcombe. Com o espanhol entre os dois britânicos, Freeman seria campeão mundial na classe principal.

No entanto, numa reviravolta dos acontecimentos, o n.º 12 ficou sem gasolina na última especial do dia e perdeu 1m12s para Holcombe, descendo de 1.º para 3.º na classificação geral.

Josep Garcia manteve a pressão sobre Freeman ao longo de todo o dia e acabou por conseguir a sua segunda vitória em apenas quatro participações no Mundial de Enduro este ano depois de quatro anos ausente deste campeonato.

Desta forma, Steve Holcombe reconquistou o título na categoria EnduroGP que já tinha sido seu em 2017 e 2018.

O britânico bateu Freeman no campeonato por 9 pontos naquela que foi a sua primeira coroa aos comandos de uma moto 4T.

Com os títulos de E2 e E3 já entregues no sábado a Holcombe e Freeman, respetivamente, estava ainda em aberto a decisão do ceptro de E1.

Andrea Verona chegou a domingo com 7 pontos de vantagem sobre Thomas Oldrati mas nem assim o piloto da TM optou por jogar pelo seguro. Verona levou de vencida o último dia em Marco de Canaveses e garantiu a conquista do título!

E o que dizer do desempenho do Motor Clube do Marco? A opinião comum no paddock é que a organização esteve excelente nestes dois fins-de-semana, fechando em beleza o campeonato de 2020 apesar de as condições meteorológicas terem dificultado a tarefa.

EnduroGP Portugal, Open: Gonçalo Reis campeão invicto

Gonçalo Reis terminou a temporada de 2020 em grande. O piloto do Magoito não só conquistou o seu segundo título mundial consecutivo na classe Open 2T, como também terminou o ano invicto.

O feito do português é ainda mais impressionante quando consideramos que se deslocou sozinho para as rondas do campeonato disputadas em França e Itália.

Reis deu assim mais uma prova que a força de vontade é capaz de mover montanhas e que nunca é tarde para cumprir sonhos e atingir objetivos.

Três portuguesas terminaram no Top 10 no Mundial de Enduro na classe Senhoras

Pelo terceiro ano consecutivo, Joana Gonçalves terminou na 5.ª posição do campeonato. 6.ª no sábado e 4.ª no domingo, a piloto da Husqvarna chegou a rodar nos três primeiros em ambos os dias e provou que tem o seu lugar entre as melhores do mundo.

Rita Vieira tinha sido 9.ª no primeiro dia, mas tirou partido da experiência adquirida na lama da prova do fim-de-semana passado (na qual competiu na classe Nacional) e melhorou no domingo para o 7.º posto. No cômputo final do campeonato, a piloto da Yamaha terminaria num positivo 8.º lugar.

Bruna Antunes também se deu melhor com as difíceis condições do terreno no domingo e foi uma das 10 participantes que conseguiram chegar ao final da prova. 12.ª e 10.ª nos dois dias de competição, a piloto da KTM conseguiu garantir um lugar no Top 10.

António Orlando

Next Post

Carlos Pinheiro reeleito presidente do CDS/ Marco de Canaveses

Seg Nov 16 , 2020
Share on Facebook Tweet it Pin […]

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.