Governo vai apoiar famílias no pagamento da fatura da luz

O Governo está a preparar uma medida extraordinária de pagamento de parte da fatura da luz de todas as famílias, que deverá ser de cerca de 10% do valor total, noticia o Expresso, citando fonte do Ministério do Ambiente. 

O Jornal de Notícias, sublinhe-se, também tinha já adiantado que o Governo estaria a preparar um apoio extraordinário para a conta da luz, ao mesmo tempo que se prepara para voltar a regular preço das garrafas de gás.  

A medida deverá ser anunciada quarta-feira, dia 13 de janeiro, altura em que o Governo vai aprovar um conjunto de regras para o novo confinamento, que entrará em vigor na quinta-feira.  

O valor dos 10% surge porque os cálculos da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) dizem que a diferença entre o ano passado e este ano é essa taxa, motivo pelo qual será esse o apoio, disse fonte do Executivo ao jornal Expresso.  

O semanário deu conta, na semana passada, que o consumo de eletricidade em Portugal na primeira semana de janeiro aumentou cerca de 9%, sendo que a previsão é que continue a crescer, uma vez que será decretado um novo confinamento.  Também na passada semana o Eurostat tornou publico que quase 20% dos portugueses revelaram num inquérito não ter como pagar a fatura de energia (eletricidade ou gás) para aquecer a casa nos meses de inverno.

No fim de semana, a EDP Distribuição registou interrupções no fornecimento de eletricidade que atribuiu ao aumento do consumo devido à descida da temperatura e incremento do teletrabalho, situação que levou ao reforço das equipas, estando previstos reforços adicionais se tal for necessário. 

Carlos Moura

Next Post

Máquinas de Comboios de regresso à Linha do Douro

Ter Jan 12 , 2021
Share on Facebook Tweet it Pin […]
Instagram did not return a 200.

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.