Novo caso de violência doméstica em Amarante


Violência doméstica. Num dos últimos episódios de violência, o homem agrediu a ex-companheira, na presença do filho de ambos, de dois anos e meio. Em dois dias consecutivos, outras tantas detenções pela suspeita do mesmo crime no concelho amarantino.

A GNR deteve um homem de 51 anos por violência doméstica, no concelho de Amarante., no âmbito de uma investigação por violência doméstica.

O militares do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Penafiel apuraram que em outubro de 2020, o suspeito terá agredido a vítima, sua ex-companheira de 41 anos, o que levou a que mulher terminasse a relação de três anos que mantinha com o agressor. Inconformado com o fim do relacionamento, o agressor começou a perseguir a vítima na tentativa de controlar a sua rotina diária, chegando a ameaçá-la de morte, apontando-lhe uma arma branca ao pescoço.

Num dos últimos episódios de violência, o homem agrediu novamente a vítima, na presença do filho de ambos, de dois anos e meio, injuriando-a e desferindo-lhe socos na cabeça, o que originou um mandado que culminou no dia 13 de abril com a detenção do indivíduo.

O detido foi presente a primeiro interrogatório, no dia 14 de abril, no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de afastamento da residência da vítima, proibição de a contactar por qualquer meio ou forma, não se podendo aproximar num raio de 500 metros, controlado por pulseira eletrónica.

Em dois dias consecutivos, em Amarante, outras tantas detenções pela suspeita do mesmo crime. No dia 12 de abril o NIAVE havia detido um outro homem, este de 58 anos, por violência doméstica.

António Orlando

Next Post

Vila de Baião vai ter um Parque Urbano

Sex Abr 16 , 2021
Share on Facebook Tweet it Pin […]

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.