Deputada do PCP considera inaceitável que as populações de Celas, Pontinha e Aliviada continuem sem saneamento

Marco de Canaveses. Ana Mesquita sublinhou como “determinante acelerar a construção ou renovação da ETAR e garantir que toda a população, incluindo desta parte do concelho, é servida”

O PCP considera determinante acelerar a construção ou renovação da ETAR da Ponte das Tábuas e garantir que a zona de Celas e da Pontinha, populações sobranceiras aos rios Ovelha e Galinhas,  sejam servidas pela rede de saneamento. 

A autarquia já anunciou a construção de uma estação elevatória no lugar de Vila Maior para bombear o efluente de Tabuado para a ETAR mas, sublinha a deputada do PCP, Ana Mesquita, “deixa de fora a recolha dos esgotos destas populações ribeirinhas que em muitos casos acabam drenados para estes rios afluentes do Tâmega”. 

A deputada, acompanhada pelo candidato à Assembleia Municipal da CDU, Benjamim Marques, mencionou também a importância da qualidade da água para promover a valorização das praias fluviais, nomeadamente da Praia Fluvial da Pontinha.

 “Há aqui uma larga faixa de população que não tem ainda saneamento e, no século XXI, isto é completamente inaceitável. População em Portugal, no distrito do Porto, num sítio que não é propriamente no meio de nenhures e que faz parte da freguesia sede do concelho, também tem o direito a ter saneamento básico ligado à rede pública. Têm direito à água pública, a ter uma qualidade de vida boa e, para isso, é determinante fazer a ligação ao saneamento público”, defendeu.

Ana Mesquita sublinhou como “determinante acelerar a construção ou renovação da ETAR e garantir que toda a população, incluindo desta parte do concelho, é servida”, concluiu.

António Orlando

Next Post

Pedregulho mata operário e fere gravemente outro em Louredo, Amarante

Seg Jun 14 , 2021
Share on Facebook Tweet it Pin […]

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.