Rui Rio atravessa-se por Maria Amélia Ferreira

Autárquicas´21. Rui Rio atravessou-se hoje pela aposta de Maria Amélia Ferreira como candidata da coligação PSD/CDS à Câmara do Marco de Canaveses.

206019137_395841488494200_9102356133027685666_n
206019137_395841488494200_9102356133027685666_n
202758387_522438712220620_6070971514123865443_n
202758387_522438712220620_6070971514123865443_n
205720155_381311023326175_4589086751472406454_n
205720155_381311023326175_4589086751472406454_n
202760230_2860382324202819_6277903300674544775_n
202760230_2860382324202819_6277903300674544775_n

Pela primeira vez PSD e CDS apresentam-se a eleições coligados no concelho, mas sem o apoio da concelhia do CDS. Rui Rio e Francisco Rodrigues dos Santos, respetivamente lideres nacionais de PSD e CDS, foram ao Marco de Canaveses participar no comício de apresentação de Maria Amélia Ferreira que decorreu na tarde deste sábado, no jardim municipal.

“Eu se tivesse atendido a 100% aquilo que em muitas circunstâncias é a vontade das estruturas locais do partido, a fotografia das diversas candidaturas nos 308 concelhos era muito diferente. Obviamente que nós temos que nos articular com as estruturas locais, mas depois temos de ter a coragem, quando temos boas soluções, como é o caso desta, assumir essa responsabilidade. No dia seguinte às eleições autárquicas eu vou assumir a responsabilidade dos resultados em todo o lado e particularmente naqueles onde eu me empenhei mais na solução encontrada. Se aqui temos a solução ideal eu tenho de me atravessar pela solução ideal que é a professora Maria Amélia”, disse. 

Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS, no discurso procurou envolver a estrutura local do seu partido citando o nome do antigo presidente da Assembleia Municipal, Joaquim Monteiro da Rocha, presente na sessão, como “um dos dirigentes do CDS que está com a candidatura de Maria Amélia Ferreira”. 

 A candidata a presidente da Câmara do Marco de Canaveses, cujo lema é “pelas pessoas”, aponta como três eixos estratégicos da sua candidatura: industrial, educação e da saúde social. 

No primeiro caso, a ex-diretora da faculdade de medicina, apontada criação de condições favoráveis à instalação de novas empresas no concelho. Na educação e ensino superior, Maria Amélia Ferreira defende a instalação de polos de ensino superior com cursos que diz saber quais, mas não tenha, para já, revelado as opções. No polo de saúde social a ex-conselheira de Marcelo, sustentou-o “no trabalho desenvolvido pela Santa Casa” apelando “à união das diversas instituições onde é necessário novas dinâmicas e de mais apoio. “Não basta fazer como a atual câmara faz que é lembrar-se das instituições no dia do aniversário para tirar uma fotografia para a revista municipal”, atirou Maria Amélia Ferreira. 

António Orlando

Next Post

Espaços Cidadão ajudam na emissão de Certificado Digital COVID em Amarante

Seg Jun 28 , 2021
Share on Facebook Tweet it Pin […]

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.