Frederico Pedreira com A Lição do Sonâmbulo vence Prémio “Eça de Queiroz”

BAIÃO. Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz / Fundação Millennium bcp atribuído a Frederico Pedreira

O escritor Frederico Pedreira é o vencedor do Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz / Fundação Millennium bcp 2021 com o romance A Lição do Sonâmbulo.

O júri, constituído por Bruno Vieira Amaral, Isabel Lucas, Luísa Mellid-Franco, Manuel Pereira Cardoso e Maria Helena Santana decidiu por unanimidade contemplar o romance, frisando que se trata de «uma narrativa original de tipo autobiográfico que tira sentido existencial do quotidiano familiar burguês».

Entre os finalistas encontravam-se Ana Bárbara Pedrosa, Mafalda Damas Revés, Paulo Rodrigues Ferreira e Amadú Dafé.

Na edição anterior (2019), foi contemplada a obra Luanda Lisboa Paraíso, de Djaimilia Pereira de Almeida.

O prémio, no valor de 10 mil euros, contempla bienalmente uma obra ficcional (romance ou novela) de autor português com idade não superior a 40 anos, e visa promover e incentivar a produção de obras literárias em língua portuguesa, bem como homenagear Eça de Queiroz, um dos maiores vultos nacionais e internacionais da literatura e cultura portuguesas.

A entrega do prémio terá lugar no dia 2 de Outubro na sede da Fundação Eça de Queiroz, em Tormes, na casa que inspirou o autor de A Cidade e as Serras.

DECLARAÇÃO COMPLETA DO JÚRI


A Lição do Sonâmbulo, de Frederico Pedreira, é uma narrativa original de tipo autobiográfico que tira sentido existencial do quotidiano familiar burguês. Há, por parte do sujeito que narra, um trabalho de reconstituição de si mesmo e de uma época a partir do lugar central da casa, gerando no leitor empatia imediata que progressivamente se complexifica, afastando-se de uma exploração meramente sentimental. Mais do que uma escavação arqueológica da infância e de um tempo, a rememoração funciona aqui como um dispositivo literário que tudo submete ao poder evocativo da linguagem e do minucioso sentido de observação do narrador. Graças à cadência declaradamente proustiana do texto, hipnótica e magnética, a fidelidade a uma hipotética realidade perde, assim, relevância. Dotado de uma grande elasticidade e amplitude, o autor integra influências literárias, indo muito longe em cada etapa, mas regressando sempre, de forma orgânica, ao ponto de partida, revelando um domínio absoluto da matéria narrativa.

O Júri do Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz/Fundação Millennium bcp

SOBRE O VENCEDOR
Frederico Pedreira nasceu em 1983. Publicou vários livros de prosa e de poesia, entre os quais Doze Passos Atrás, Presa Comum, Fazer de Morto, A Noite Inteira, A Lição do Sonâmbulo, e o livro de ensaios Uma Aproximação à Estranheza. Traduziu livros de poesia de W. B. Yeats e Louise Glück, ensaios de G. K. Chesterton e George Orwell, e romances de Dickens, Swift, Wells, Hardy e Banville, entre outros. Colaborou na secção de cultura de alguns periódicos nacionais. Doutorou-se no Programa em Teoria da Literatura da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Em 2016, venceu o Prémio INCM/Vasco Graça Moura na categoria de Ensaio, e em 2021 o Prémio de Literatura da União Europeia por A Lição do Sonâmbulo.

António Orlando

Next Post

Amarante procura residentes provenientes do setor tecnológico

Ter Ago 31 , 2021
Share on Facebook Tweet it Pin […]

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.