Ciclo de cinema dedicado a Manoel de Oliveira é teaser de Centro Cultural no Convento de Ancede

CULTURA. “O Douro no Cinema de  Manoel de Oliveira” é o mote para um Ciclo de Cinema que de 6 a 8 de maio vai decorrer no Mosteiro de Santo André de Ancede, em Baião, como  forma de celebrar os 90 anos de carreira do cineasta Portuense. 

Promovido pela Autarquia Baionense, o ciclo de cinema “O Douro no Cinema de  Manoel de Oliveira” foi apresentada como um teaser, um estímulo à curiosidade do público para aquilo que ali está a nascer: um Centro Cultural da região com assinatura de Álvaro Siza Vieira que promete ser uma pedrada no charco da movida cultural da região. 

“Como não há uma segunda vez para causar boa impressão”, como fez questão de sublinhar o edil, Paulo Pereira, a antestreia do espaço, avança com o Ciclo dedicado a Manoel de Oliveira onde o cinema vai aliar-se à música, à gastronomia e às tradições locais.

Além da projeção de quatro obras cinematográficas – dos documentários Douro Faina Fluvial de 1931 e O Pintor e Cidade de 1956, e dos filmes O Estranho Caso de Angélica de 2010 e Vale Abraão de 1993 –  o “teaser” do Centro Cultural Mosteiro de Santo André de Ancede vai contar com um cine-concerto dos Sensible Soccers, trio vila-condense que em diálogo com a investigação artística desenvolveram  a banda sonora para dois dos filmes de Manoel de Oliveira –   Douro, Faina Fluvial e o Pintor e Cidade.

Na música,  haverá ainda espaço para concertos da Orquestra de Jazz do Douro, os Andarilhos e Banda Marcial de Ancede. 

Uma Conversa com o escritor Paulo José Miranda, autor do livro “A morte não é prioritária”, uma biografia do realizador Manoel de Oliveira e António Preto, diretor da Casa do Cinema Manoel de Oliveira, irá abordar o Douro na obra de Manoel de Oliveira, moderada pelo historiador Joel Cleto.

O ciclo propõe ainda uma viagem às raízes e tradições mais profundas de Baião e do Douro, por um lado  através do associativismo do concelho e por outro através da gastronomia com a presença no evento de vários produtores. Das compotas ao doce da Teixeira, do fumeiro ao vinho da casta avesso passando pelas cervejas artesanais. 

Na apresentação do ciclo, Luís Pedro Martins, presidente da Turismo Porto e Norte, exortou as autoridades a olharem para o que se está a fazer em Espanha com o streaming da Netflix. “Está a dar uma projeção brutal ao território vizinho.  Nós temos tudo para fazer o mesmo (paisagens, atores, gastronomia, etc) para que através do cinema possamos promover o nosso turismo. A obra de Manoel de Oliveira é um bom exemplo”, disse. 

vídeo promocional – CMB

António Orlando

Next Post

Atrasos na distribuição do correio postal leva sindicato a pedir a intervenção da CIM Tâmega e Sousa

Qui Abr 28 , 2022
Share on Facebook Tweet it Pin […]

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.