Baião. Câmara PS aprova IMI na taxa mínima, PSD quer que autarquia dê terreno aos bombeiros

POLÍTICA. Câmara de Baião aprovou uma proposta de taxação do IMI de 0,3%, o mínimo permitido por lei.

À esquerda, Paulo Pereira (Presidente de Câmara), à direita, Paulo Portela (vereador do PSD)

Por proposta do Presidente, Paulo Pereira, a Câmara Municipal de Baião aprovou, por unanimidade, em reunião ordinária realizada a 14 de setembro de 2022, a aplicação da taxa mínima permitida por lei, 0,3%, para o Imposto Municipal Sobre Imóveis (IMI).

O autarca justifica a proposta referindo que “esta é mais uma medida no meio de outras que tendem a criar uma ambiência fiscal mais favorável às famílias e às empresas”. Recorde-se que o município de Baião não aplica a “derrama”, um imposto municipal sobre o lucro das empresas.

Estas são medidas que a Câmara Municipal de Baião, segundo o Presidente, Paulo Pereira, tem vindo a implementar, “abdicando das receitas que resultam desses impostos, em benefício dos baionenses”. “O Executivo tem consciência das dificuldades que as obrigações fiscais, muitas vezes, colocam à população e às empresas e, por isso, o nosso foco passa sempre por encontrar soluções e implementar medidas que possam aliviar o esforço das nossas famílias e das nossas empresas”, justificou.

A proposta agora aprovada vai ser submetida à apreciação e deliberação da Assembleia Municipal de Baião.

PSD Baião quer que Câmara ofereça terreno e projeto para novo quartel dos Bombeiros

O vereador do PSD na Câmara de Baião, Paulo Portela, anunciou que PSD/Baião vai apresentar uma proposta à autarquia para que sejam oferecidos um terreno e o projeto aos Bombeiros Voluntários de Baião para a construção de um novo quartel. “Os Bombeiros de Baião vão comemorar, em outubro, 60 anos, é uma data histórica para uma corporação, dado o contributo que dão para o bem-estar das populações”, começou por dizer o vereador, no decorrer da reunião de câmara.

Para além do terreno, Paulo Portela defendeu que a Câmara de Baião deveria oferecer o projeto. “É inteiramente merecido. “Penso que devemos comemorar essa data, nós câmara municipal, com uma oferta aos bombeiros, de forma a que ficasse vincado os 60 anos. Por isso, proponho que, e vamos formalizar a proposta na próxima reunião de câmara, que a câmara ofereça aos bombeiros e arranje, o que não é difícil, um terreno para que os Bombeiros de Baião possam aproveitar fundos comunitários”, acrescentou.

O objetivo do vereador do PSD é que a proposta possa integrar o próximo orçamento municipal.

António Orlando

Next Post

Cercimarante vai criar Centro de Dia em Louredo

Sex Set 16 , 2022
Share on Facebook Tweet it Pin […]

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.