Rendimento “mínimo” nas mãos da Câmara do Marco

AÇÃO SOCIAL. A Câmara Municipal passa a assegurar o SAAS de pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade e exclusão social, incluindo os beneficiários do RSI – Rendimento Social de Inserção e o atendimento em situação de Emergência Social

Ao abrigo da descentralização de competências do Governo para autarquias no domínio da Ação Social, o Município de Marco de Canaveses passou a assumir, a partir de 1 de outubro, a coordenação do Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social (SAAS).

“Aceitamos todas as competências delegadas pelo Governo porque acreditamos que estando mais perto conhecemos melhor os nossos problemas e do território com as nossas Instituições”, justifica Cristina Vieira, presidente da Câmara do Marco de Canaveses.

Para o funcionamento do SAAS, o Município assinou acordos de cooperação com a Cercimarco, o Centro Social da Vila de Alpendorada, o Centro Social de S. Martinho de Soalhães e a Associação Cultural e Desportiva da Casa do Povo de Vila Boa do Bispo, numa cerimónia que decorreu esta segunda-feira, no Salão Nobre dos Paços do Concelho e contou com a presença do Executivo Municipal, dos diretores e técnicos das instituições e representantes do Instituto da Segurança Social.

“O convite às referidas instituições para celebração dos protocolos no âmbito do SAAS teve em consideração a sua vasta experiência e a cobertura total do território do Município, numa lógica de prestação de um serviço de proximidade aos cidadãos, sem existência de disrupções de atuação, num trabalho de equipa sob a coordenação do Município e em estreita ligação ao Instituto da Segurança Social”, explicou a vereadora com o pelouro da Ação Social, Clara Marques.

A Vereadora realçou ainda que a celebração dos acordo de cooperação “trata-se de um passo muito importante para o aumento da eficiência na gestão da resposta social, aprofundando a relação de trabalho entre os parceiros e permitindo que todas as situações possam ser resolvidas com maior rigor e celeridade”, garante.

O Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social é um serviço de ação social de proximidade à população cujos objetivos são informar, aconselhar, orientar e encaminhar as famílias e pessoas individuais, tendo em conta os seus direitos, deveres e responsabilidades.

O trabalho será assegurado por uma equipa técnica constituída por profissionais de serviço social que irá funcionar no Edifício Marco Fórum XXI, no Centro de Atendimento Social Integrado (CASI), das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00.

António Orlando

Next Post

Arroz de favas com o frango alourado no fim-de-semana gastronómico de Baião

Ter Out 4 , 2022
Share on Facebook Tweet it Pin […]

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.