Não se recorda de despiste que matou três pessoas em Paços de Ferreira

Homem está acusado de três homicídios por negligência, ofensas à integridade física e condução perigosa.

Começou a ser julgado no Tribunal de Penafiel, Sandro Ferreira, de 23 anos, condutor que no se despistou no dia 17 de novembro de 2019, na A42, em Paços de Ferreira, provocando a mortes de três pessoas, uma delas militar da GNR. O jovem está acusado de três homicídios por negligência, ofensas à integridade física e condução perigosa.

Perante o coletivo, o rapaz explicou não se recordar do acidente, embora tenha noção que é o responsável. Emocionado, lamentou as mortes, uma delas sua amiga. Para além do GNR, morreram ainda o condutor de um reboque – os dois estavam no apoio a outro acidente – e uma das ocupantes do carro de Sandro. 

“Não sei se me atrapalhei com o carro da frente, mas eu não sou aquilo, foi assim que Sandro Ferreira, de 23 anos, se referiu ao fatídico acidente.

O ACIDENTE

  • Sandro Ferreira estava a trabalhar em França e nesse fim de semana de 16 e 17 de novembro de 2019 tinha vindo visitar a família. Na tarde de domingo, juntamente com os três amigos, dirigia-se para o Porto no carro do pai.  Pouco depois de ter entrado na autoestrada A42, em Paços de Ferreira, o carro entrou em despiste, embateu contra um carro da GNR que estava na berma da autoestrada, a tomar contar de outra ocorrência, e projetou o cabo Jorge Gomes, um militar de 29 anos, que teve morte imediata. A viatura conduzida pelo arguido bateu contra o talude e rodou sobre si mesmo, atropelando ainda mortalmente Miguel Sousa, de 63 anos, o motorista do reboque que se encontrava no local a fazer a remoção do veículo envolvido no primeiro acidente. Dentro do carro seguia Vânia Ribeiro uma jovem com cerca de 20 anos, que também não resistiu.

António Orlando

Next Post

Tribunal de Penafiel mantém pena de prisão de 21 anos para jovem que matou o pai

Qui Out 27 , 2022
Share on Facebook Tweet it Pin […]

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.