Criação da carreira de técnico auxiliar saúde não ficará concluída este ano, diz ministro

SAÚDE. Associação Portuguesa dos Técnicos Auxiliares de Saúde (APTAS) ” não aceita de modo algum, e irá proceder em conformidade”. O APTAS havia apelado a uma retoma das negociações com o Governo sobre a criação desta carreira, que estava prevista no Orçamento do Estado para 2022.

O ministro da Saúde admitiu que não será possível concluir a criação da carreira de técnico auxiliar de saúde até final do ano, apesar de estar inscrito no programa do Governo.

“Vamos começar as negociações ainda este ano, mas não vamos terminar a criação da carreira este ano”, disse Manuel Pizarro na audição conjunta das comissões parlamentares de Orçamento e Finanças e da Saúde sobre o Orçamento do Estado para 2023.

No final de setembro, a Associação Portuguesa dos Técnicos Auxiliares de Saúde (APTAS) apelou para a retoma das negociações com o Governo sobre a criação desta carreira, que estava prevista no Orçamento do Estado para 2022.

“As negociações estavam para começar na segunda quinzena de setembro e ficaram adiadas com a mudança na tutela da Saúde”, explicou na altura, o presidente da assembleia geral da APTAS, João Fael.

Associação Portuguesa dos Técnicos Auxiliares de Saúde

O responsável explicou ainda que na anterior legislatura o grupo de trabalho “ouviu muitas entidades, ordens profissionais, sindicatos, a Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares e outras entidades”, sublinhando que “esse trabalho é aproveitado, não é deitado fora”.

“Estou convencido de que o que falta é acertar a parte sempre difícil das tabelas remuneratórias de quem efetivamente entrará para a carreira”, afirmou na altura João Fael, manifestando esperança de que se conseguisse terminar o processo até final do ano, o que agora o ministro disse não ser possível.

“O Ministro da Saúde ao afirmar agora que não iria cumprir esse desígnio e compromisso, arrastando-o, e já lá vão mais de 14 anos, para não se sabe quando que esta temática seja resolvida de uma vez por todas, é inaceitável. A APTAS e este grupo profissional não aceita esta situação de modo algum, e irá proceder em conformidade”, pode ler-se em comunicado emitido esta quarta-feira por aquela associação.

António Orlando

Next Post

Cineclube do Marco exibe O Homem Duplicado, em homenagem a Saramago

Qui Nov 17 , 2022
Share on Facebook Tweet it Pin […]

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.