Exposição “Grandes Mestres” prolonga-se por mais uma semana

CULTURA. A exposição internacional “Grandes Mestres” está disponível para visitas de terça-feira a domingo das 10.30h às 17.30h.

A exposição internacional “Grandes Mestres”, patente ao público no MACC Baião vai poder ser visitada até ao dia 20 de novembro.

O alargamento do período, explica fonte da Câmara de Baião, resulta dos inúmeros pedidos de agendamento de visitas que têm chegado, quer do território nacional, quer do estrangeiro, reforçando o enorme sucesso da mostra, que registou, até agora, mais de 2 mil visitantes.

Esta é uma oportunidade única para conhecer algumas obras que, sendo de coleções particulares, nunca tiveram exposição pública.

Pablo Picasso, Robert Delaunay, Nadir Afonso, Salvador Dali, Cruzeiro Seixas e Paula Rego são apenas alguns dos artistas cujas obras-primas estão nesta rara exibição no município de Baião, no Mosteiro de de Ancede – Centro Cultural de Baião aberto ao público, agora, após a conclusão do projeto de reabilitação, assinado por Álvaro Siza Vieira.

As visitas são feitas por marcação através do email: mosteiro.ancede@cm-baiao.pt ou do nº de telefone 968 476 164.

A Câmara Municipal de Baião, agradecendo a todos os envolvidos por terem permitido prolongar o privilégio de poder continuar a acolher e a mostrar obras de alguns dos maiores artistas, sublinha a projeção nacional e internacional que a exposição “Grandes Mestres” tem proporcionado, não só para Baião, mas para todo o território.

Câmara Municipal de Baião

PREÇO DOS BILHETES:

  • 10€ – público em geral
  • 5€ – residentes em Baião
  • 2.50 € – visitas de estudo

António Orlando

Next Post

Mulher morre em acidente na A4

Sáb Nov 19 , 2022
Share on Facebook Tweet it Pin […]

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.