T´Amaranto faz rir de 26 a 30 de julho, no Claustro da Câmara Municipal

De 26 a 30 de julho, no Claustro da Câmara Municipal o T’Amaranto – Festival de Teatro de Amarante apresenta cinco comédias

A 20.ª edição do T’Amaranto – Festival de Teatro de Amarante realiza-se de 26 a 30 de julho, no Claustro da Câmara Municipal. Ao longo de cinco dias, o público poderá assistir, gratuitamente, a “Faz-te Homem”, “Evaristo”, “Quando Ela… é Ele”, “13” e “As Casadas Solteiras”, sempre às 22 horas.

A primeira peça a subir a palco é “Faz-te Homem”, com encenação de Paulo Sousa Costa. Dois amigos de longa data – João Didelet e António Machado – decidem debater o papel do homem na sociedade e as suas ramificações. Organizam uma conferência denominada “Faz-te Homem”, onde vão expor as suas indignações, receios, traumas, medos e frustrações.

No dia 27, é a vez da criação original dos Instantâneos: “Evaristo”. Uma comédia improvisada, a preto e branco, que leva o público numa viagem aos anos 30 e 40 e ao universo da época de ouro do cinema português. Inspirados por pequenas histórias contadas pelo público, os improvisadores – Marco Graça, Nuno Fradique e Ricardo Soares – criam, no momento, personagens, narrativas e músicas originais.

A 28 de junho, “Quando Ela… é Ele”, mostra o peso dos tabus na sociedade. Protagonizada por Luís Mascarenhas, Filipa Giovanni, Paulo Oliveira e Tiago D’Almeida, esta peça conta a história de Emílio, um jovem homossexual não assumido, oriundo de Vila Nova da Ranhosa, que vive em Lisboa por motivos profissionais. Certo dia o seu pai, um homem do norte muito conservador, decide ir a Lisboa visitar o filho e conhecer finalmente “a nora”. Emílio pede a Rita, uma colega de trabalho, que se passe por mulher dele, mas as coisas não correm como previsto.

A 29, chega à cena “13”, que resulta do trabalho cénico da companhia Peripécia Teatro, que emprega a farsa para colocar em questão factos e métodos da Igreja Católica. Criada e interpretada por Sérgio Agostinho, Noelia Domínguez e Ángel Fragua, “13” joga com o duplo sentido da palavra para desenhar uns personagens cheios de contradições.

A fechar a 20.ª edição do T’Amaranto – Festival de Teatro de Amarante, uma proposta do T’Amaranto – Grupo de Teatro de Amarante. “As Casadas Solteiras” conta a história de dois amigos ingleses, Bolinbrok e John, apaixonados pelas irmãs Virgínia e Clarisse, com quem fogem para se casarem, passando por uma série de confusões e desencontros. Da autoria de Martins Pena, a peça é interpretada por Pereira da Silva, Carlos Monteiro, Renato Pinheiro, Benvinda Moreira Bárbara Coelho, Joana Oliveira, Felícia Ribeiro e Mariana Brás.

António Orlando

Next Post

Douro, Tâmega e Sousa recebe 187 milhões de euros do novo quadro comunitário

Qui Jul 20 , 2023
Share on Facebook Tweet it Pin […]
Instagram did not return a 200.

Sobre Nós

Tamega.TV

O Tâmega.tv é uma publicação online diária de informação geral que pretende dar, através dos meios de difusão multimédia, uma ampla cobertura dos mais relevantes e significativos acontecimentos da região do Baixo Tâmega, em todos os domínios de interesse, sem descurar o panorama regional e nacional, assegurando a todos o direito à informação.